Quando falamos em Internet, logo pensamos naquele lugar em que podemos acessar informações do mundo inteiro, como uma criança em uma loja de brinquedos. Bom, esse lugar ilimitado mudou, mas o que isso significa?

Trago um vídeo do TED para explicar um pouco sobre o assunto:

É, parece que a nossa liberdade está indo e está chegando a personalização; a nossa privacidade está indo e está chegando a mediação de informação.

Imagine o poder que o Google tem nas mãos. O buscador mais utilizado no mundo agora pode te mostrar apenas os resultados que ELE acha interessante. Claro, isso baseado na sua navegação anterior. Mas e se eu quiser coisas realmente novas, onde achá-las?

Agora chega a notícia de que o Google vai personalizar ainda mais as informações que chegam até você:
http://www.updateordie.com/2012/01/10/66350/

Os seus amigos provavelmente terão referências parecidas com as suas. Sendo assim, novamente nos vemos em um beco sem saída. Se o Google sabe quem sou, onde estou, quem são meus amigos, minha família, do que eu gosto, que navegador uso, etc., como conseguirei sair de seus filtros? O que consigo pensar é em utilizar o buscador por meio de proxys, deslogado do Google. Aí eu caio em outros filtros da região do proxy utilizado, mas já temos um avanço.

Quais são os limites que devem ser respeitados para termos uma Internet realmente livre?

Post filed under Internet, Tecnologia, Vídeo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *